Retrospectiva em meio a mais uma vitória! A luta continua.

arve

Sabemos que essa novela ainda não terminou, mas já é mais um grande passo nessa luta que completou mais de 3 anos. Segue uma pequena retrospectiva.

Foi em um dia de junho de 2010 que passei pela rua do terreno e vi o stand de vendas da Tecnisa, grande, iluminado, poderoso. Era a fase de ouro da especulação imobiliária no bairro. Imediatamente senti uma raiva que me perseguiu por alguns dias… Não acreditava que aquela área tão bonita, com tantas árvores, tantos pássaros e que ao passar em frente sentiamos até o ar mais puro, seria vítima da ganância desenfreada do homem.

Recorri à internet e comecei a buscar informações a respeito da obra. Consegui o número do processo na prefeitura e descobri que ele se encontrava na Secretaria do Verde e Meio Ambiente (SVMA) e que estava nos últimos passos para ser aprovado.

Fui até a SVMA, pedi para ver o processo e com meu celular, sem que as pessoas soubessem, fotografei as plantas da futura obra e publiquei aqui neste blog. Ao mesmo tempo elaborei um abaixo-assinado tanto virtual quanto em papel pedindo que as ávores não fossem derrubadas.

Para se ter uma idéia, o Facebook ainda estava ainda engatinhando e diferente de hoje, não foi tão fácil reunir as pessoas em prol da causa. Foi um trabalho muito mais árduo e na base dos emails, do contato pessoal, indo atrás dos moradores, expondo as informações e angariando aliados. Um dos primeiros, foi meu amigo de infância, Jonas que abraçou a causa com tanta paixão quanto eu e até quando eu me afastei do movimento por motivo de doença, segurou toda a barra.

Chegou a Copa. Uma bela época para os poderosos fazerem a festa, aprovarem projetos de lei, obras etc que beneficiem seus bolsos. Era dia de jogo e eu já não ligava muito para futebol, estava andando, distribuindo folhetos com o endereço do site nas casas e tive uma visão que me fez desabar ao chegar em casa, como pode ser lido nesse texto. Parece que consegui expressar nesse texto minha emoção e rapidamente ele se tornou um viral, foi reproduzido em vários sites, foi repassado por email e chegou até o Ministério Público, que abriu um Inquérito civil para o caso.

Ganhamos muitos simpatizantes e até uma imagem símbolo da causa, criada pelo Gustavo Lassala.

Mais de 30 abaixo-assinados em papel foram distribuídos. Cada um tinha um responsável. Gerou um trabalhão para organizar e contar todas as assinaturas. 😀

Saiu a primeira matéria na Folha da Vila Prudente, que posteriormente continuou apoiando e divulgando o movimento.

Convocamos o primeiro Ato público com abraço da comunidade na área e nos sábados seguintes continuávamos recolhendo assinaturas, divulgando o movimento no local.

Com a visita do botânico Ricardo Cardim, descobrimos que a área era um verdadeiro remanescente de mata atlântica e que tinha até árvores em perigo de extinção.

Conseguimos apoio do Deputado Estadual Adriano Diogo e da Vereadora Juliana Cardoso que nos auxiliou e até propôs um projeto de lei para que a área fosse transformada em parque, que foi recusado pelo então prefeito Gilberto Kassab.

Kassab ainda aprontaria mais uma. Numa e$tranha e$tratégia, enviou um projeto de lei pedindo o alargamento da rua ao lado da área para que o empreendimento fosse aprovado. Esse projeto ainda pode ser consultado aqui.

Chico Macena, vereador na época,  também mostra apoio a causa e discursa a respeito do absurdo projeto do Kassab.

O projeto do Kassab é arquivado.

A causa ganha mais visibilidade. Sai a reportagem na Folha de São Paulo e no Estadão.

Fizemos pressão na câmara de vereadores denunciando a derrubada de árvores que estava acontecendo no terreno.

Entreguei pessoalmente o abaixo-assinado ao secretário do verde na época, Eduardo Jorge e a alguns vereadores que encaminharam ao prefeito por ofício.

Em outubro de 2010, o prefeito e o secretário do verde cedem e declaram a área de utilidade pública. Um decreto que teria validade de 5 anos. Tínhamos finalmente um tempo para respirar.

Maio de 2011: Convocamos o segundo abraço da comunidade na área.

Em junho de 2011 já eramos exemplo para outros movimentos conforme reportagem veiculada na TV Gazeta.

Na mesma pegada a VejaSP também faz uma matéria a respeito dos vários movimentos que estavam acontecendo de forma parecida.

Em janeiro de 2012 sai a reportagem no DiárioSP.

Em maio é realizado o terceiro abraço.

Agosto, VivaoParque ganha página no Facebook.

Março 2013: Processo é encaminhado para desapropriação.

2013, abril: Comissão em prol do parque, acompanhada da vereadora Juliana Cardoso, é recebida pelo secretário do verde Ricardo Teixeira que promete analisar o pedido e tentar buscar recursos para a compra do terreno.

Maio de 2013: Secretário Ricardo Teixeira anuncia que já destinou recurso para compra da área.

Julho de 2013: É anunciada a desapropriação do terreno conforme despacho no Diário Oficial. Reportagem do Estadão.

Foi uma longa jornada, mas sabemos que não terminou. Ainda podem haver reviravoltas, a Tecnisa pode querer ser mais má ainda e não aceitar a desapropriação e acionar seus “adevogados”. Após a desapropriação, vem a fase de projeto e finalmente a execução do parque. Ainda tem muito terreno para o sonho se concretizar, mas estaremos lutando e acompanhando o poder público e privado para que o desejo do menininho que citei no longínquo texto de 2010, se torne realidade.

Um abraço,
Fernando Salvio

PS.: Talvez existam alguns fatos a mais que eu não tenha lembrado, se lembrar de algum fique a vontade para comentar. Faltou também citar todos os apoiadores do movimento, mas é uma lista imensa, então se você colaborou de alguma forma, sinta-se homenageado.

Anúncios

Uma opinião sobre “Retrospectiva em meio a mais uma vitória! A luta continua.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s