Arquivo da tag: DEPAVE

Vitória! – Decreto de Utilidade Pública renovado

Boa notícia! O DUP do Parque Vila Ema foi renovado pelo prefeito em exercício Bruno Covas, após o compromisso do Secretário do Verde, Gilberto Natalini, em dar prosseguimento ao processo. Não podemos deixar de citar a vereadora Juliana Cardoso que deu todo o apoio ao movimento para que este passo fosse dado.

Agora é seguir a luta para que seja feita a desapropriação. Lembrando que a área é ZEPAM (Zona Especial de Proteção Ambiental) e seu valor deve ser proporcional aos 10% passíveis de construção.

decreto-57798-de-25-07-2017-ParqueVilaEma

Como consultar o Processo Administrativo do Parque Vila Ema

Para quem não conhece, existe um sistema no site da prefeitura onde é possível consultar os processos administrativos que estão em tramitação.

O endereço é: http://www3.prodam.sp.gov.br/simproc/simproc.asp

O número do PA do Parque Vila Ema é: 2010-0257666-7.

Com esse número em mãos você mesmo pode cobrar a prefeitura, seu vereador para que o processo não fique parado.

A situação atual é a seguinte:

Processo: 2010/0257666/7
LOCALIZAÇÃO
Unidade: SNJ/DESAP-71 Desde: 07/10/2011
SNJ/DESAP/1 AGRUPAMENTO DE AVALIACOES
Endereço: RUA CONSELHEIRO FURTADO, 166 1.ANDAR Bairro: LIBERDADE
Telefone: 33974828 Ramal: Atendimento das: 09:00 às 17:00
SITUAÇÃO
Situação:
Despacho: Data: D.O.M:
Comunique-se: Vencimento:


DADOS DO PROCESSO
Assunto: IMPLANTACAO
Motivo da Autuação:
D.U.P – PARQUE MUNICIPAL AVENIDA VILA EMA
IMPLANTACAO DE PARQUE MUNICIPAL
MEMO 086/DEPLAN/2010
Interessado: SECRETARIA MUNICIPAL DO VERDE E DO MEIO AMBIENTE

Três fatos curiosos e históricos a respeito da área

Neste fim de semana estive conversando com moradores e uma pessoa que trabalhou na Prefeitura há alguns anos.

A conversa inicialmente seria para revelar um fato bem interessante, mas que no final, se mostrou apenas uma parte de uma viagem fantástica no tempo e na história do Brasil e do mundo.

O fato que seria inicialmente revelado era que a área já havia sido tombada por volta de 1993 para a criação de um parque. Na época o processo caminhou pelo DEPAVE, que segundo essa fonte, era subordinado à secretaria de obras. Hoje o DEPAVE, Departamento de áreas verdes é subordinado à Secretaria do Verde.

Fiz algumas pesquisas no site da Imprensa Oficial, mas não consegui achar nada a respeito desse processo, já que o site não permite pesquisas por palavra-chave antes de 2003, mas de qualquer forma é interessante por ter todo o arquivo do Diário Oficial desde 1891 disponível para consulta de qualquer cidadão.

Em seguida, em uma conversa com outra pessoa, surgiu a informação de que neste terreno foram deixadas máquinas de terraplanagem supostamente usadas na construção de Brasília. Esses dados foram confirmados por mais de uma pessoa, inclusive mostrei uma imagem da época da construção encontrada na internet que mostrava uma máquina dessas e que segundo os entrevistados, era igual ou similar as que estavam estacionadas no terreno a mais de 30 anos e que possivelmente ainda existem vestígios dessas máquinas por ali. Inclusive no Google Earth é possível ver, nas imagens mais antigas, as possíveis máquinas.

O terceiro fato curioso é que a propriedade era de uma família alemã e que abrigou japoneses que moram até hoje na região e que foram obrigados a sair da costa do Brasil na época da segunda grande guerra.

Em breve publicarei essas imagens, por enquanto, fiquem com a foto que encontrei na internet e usei para confirmar a história das máquinas de terraplanagem, supostamente usadas na construção de Brasília.

O que estariam fazendo ali na Vila Prudente?
Trator usado na construção de Brasília. O que estariam fazendo ali na Vila Prudente?

Em breve irei publicar cada uma dessas histórias, com mais detalhes.

Um abraço,

Fernando Salvio

Share